Buyer Persona: Como um cliente ideal pode ajudar sua empresa!

 

 

Entender melhor o seu público é o primeiro passo para acompanhar as mudanças que o cercam e assim poder atender suas expectativas e responder a sua demanda. E aqui entra o Buyer Persona.

 

 

 

Buyer Persona, O que é?

 

Buyer Persona é um cliente semi-fictício criado a partir de pesquisas com o intuito de melhorar seu relacionamento com o cliente. Entendendo mais a fundo do que se trata essa ferramenta podemos compreender como ela tem ajudado diversas organizações.

 

Um exemplo de Persona seria:

 

“Marcela tem 26 anos, solteira e está cursando sua segunda graduação em publicidade. Marcela é uma mulher criativa e tem como companhia seu gato que se chama Félix, nos seus tempos vagos ela gosta de assistir filmes de comédia e acampar.”

 

Através dessa análise e descrição podemos enfim pensar neste como um comprador ideal, e trazer para a empresa um olhar mais empático em relação ao cliente.

 

 

 

Buyer Persona: Como um cliente ideal pode ajudar sua empresa.

 

O mundo está em constante mudança e com isso todas as nossas percepções sobre ele e relações que nos cercam tem evoluído também. Isso engloba todos os ramos das nossas vidas e não poderia ser diferente quando nos tratamos das empresas.

 

Na era atual nós como clientes tendemos a dar prioridade a novos meios de propagação, enfatizamos a qualidade e conteúdo do que nos é entregue e avaliamos os desempenhos vistos, sendo assim as empresas precisam constantemente focar nos desejos de seu público para melhor atendê-los, mas com isso surge uma grande questão: Como é esse consumidor? Como eu posso alcançar os seus gostos e fazer com que ele se sinta acolhido se eu não o conheço? E é assim que entra a Persona, ou cliente ideal como podemos assim dizer.

 

 Um cliente ideal seria a pessoa que realmente compraria os seus produtos. Desta maneira quando o entendemos é absolutamente mais fácil direcionar todas nossas campanhas, produtos e serviços para atingi-los e mostrá-los que estamos aqui para atender a sua demanda. E assim é possível economizar tempo e recursos que seriam gastos caso não soubéssemos especificamente qual o comportamento desse consumidor.

 

 

 

Público alvo X Buyer Persona.

 

Quando definimos nossa segmentação de mercado, logo em seguida definir o público alvo é a parte essencial. “Para quem eu estou criando este produto ou serviço?” Essa é a pergunta que queremos responder. Porém será que apenas a definição de um público alvo é suficiente?

 

Primeiramente definimos o que é um público alvo:

 

Público alvo trata-se de um grupo específico de consumidores ou organizações que compartilham um perfil semelhante e por isso devem ser o foco das ações de marketing e vendas da sua empresa, uma vez que estão mais dispostos a adquirir os produtos ou serviços que ela oferece.”

 

Note que quando falamos de público alvo utilizamos a terminologia “grupo específico”, o que o torna um pouco genérico quanto às informações que pode nos oferecer. Como por exemplo:

 

Mulheres de 25 a 35 anos, com renda mensal entre 1 e 3 salários mínimos, ensino médio completo e com disponibilidade para lazer aos fins de semana.

 

Logo podemos notar a grande diferença entre Público Alvo e a Persona. Ela possibilita uma análise bem mais específica onde podemos definir características mais exatas e específicas como hobbies, se tem uma graduação, e caso sim, qual, se tem filhos e quantos, seus gostos quanto à música e conteúdo das mídias, redes sociais mais visitadas e assim por diante.

 

É desenvolver um personagem em que a sua empresa possa criar e focar suas estratégias para melhor atender essa personalidade.  

 

 

 

Por que preciso ter uma Persona?

 

Uma Persona ajuda a estreitar esse relacionamento entre cliente e empreendimento fazendo com que seja possível entender quem procura a empresa e quem ela realmente busca atender.

 

Desse modo podemos observar 3 motivos se ter uma Persona no seu negócio:

 

1- Você conhece o seu cliente;

 

Como foi citado muitas vezes ao longo do artigo, conhecer o seu cliente é de extrema importância para melhor atendê-lo, o Buyer Persona possibilita que isso ocorra de maneira eficaz.

 

 

2- É mais fácil definir estratégias de marketing;

 

Quando temos a quem perguntar, sempre fica mais fácil.  Dessa forma podemos pensar: isso seria relevante para a minha Persona? Minha Persona utiliza esses meios de busca de informação? Caso a resposta seja sim, há uma maior possibilidade de sua empresa estar no caminho certo para atingir os seus clientes.

 

 

3- Com isso, mantenha o bom relacionamento.

 

Humanizar a forma que você vê o seu cliente possibilita a empatia, ou seja, você irá tratá-lo como uma pessoa e não apenas como dados coletados em uma análise.

A empatia é um excelente passo para construir esse bom relacionamento.

 

Fazer estratégias de Marketing bem direcionadas e mais personalizadas ao cliente ideal evita o desperdício de tempo e dinheiro com propagandas e conteúdos que não irão atingir o público desejado.  E ao colocar em prática o Buyer Persona vimos que podemos impedir erros ao conquistar e fidelizar os clientes.

 

 

 

Por Beatriz Santos e Maria Moreira

Gerente de Inteligência de Mercado e Analista de Mídias Sociais.

 

Entre em Contato com os nossos Consultores!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *