Como Conseguir Um Investidor Anjo?

 Empreendedores encontram inúmeras dificuldades quando estão nos primeiros passos de um novo negócio, mas a falta de experiência e a necessidade de um investimento financeiro podem ser colocadas como o maior obstáculo na hora de tirar uma ideia do papel ou expandir um empreendimento. No Brasil, segundo o IBGE, de cada dez empresas criadas, seis fecham antes de completar cinco anos de existência. Uma das maneiras de não entrar nessa estatística de mortalidade empresarial é através de um   Investidor Anjo, que alia experiência e dinheiro para investir em boas ideias.

 

 

 

 

 

Esteja preparado

 

É fundamental que o empreendedor tenha conhecimento de como o mercado de capital de risco funciona, e em especial o de investidores anjo. Entender como um investidor anjo ganha dinheiro nesse mercado e que tipo de negócio e/ou empreendedor ele procura faz parte desse processo. Outro ponto que pode ser um diferencial importante para a captação do investimento é o estudo dos termos técnicos usados na área e também do funcionamento do processo de análise do investidor anjo.

 

 

Uma ferramenta que pode trazer vantagem na hora de conseguir um investidor anjo é a Pesquisa de Mercado. Essa pesquisa é importante para testar e validar se as ideias realmente atendem às expectativas e às necessidades dos clientes, analisando também os concorrentes que já estão atuando no mercado em que pretende atuar – ou mercados similares.

 

Fale Já com um de nossos Consultores

 

 

O empreendedor deve planejar o time ideal, ou seja, determinar quais competências técnicas e operacionais serão importantes para o crescimento acelerado do negócio. Através de uma avaliação, identificar se os fundadores têm essas competências e, caso não tenham, será necessário buscar talentos complementares.

 

 

Ter um protótipo ou um conceito bem definido do principal produto/serviço que será oferecido é muito importante. O objetivo é apresentar para os consumidores potenciais, para sua validação, e também para o investidor, tanto para dar maior clareza à sua proposta quanto para demonstrar sua capacidade de execução.

 

 

Desenvolver um discurso rápido, através de técnicas de pitch, por exemplo, é essencial para atrair investidores anjo. Nesse discurso é preciso apresentar, de maneira clara e objetiva, qual necessidade seu produto/serviço irá atender, como irá atender  essa necessidade, qual é o seu público alvo, como irá divulgar/comercializar o produto/serviço, quanto espera faturar, qual é valor de investimento necessário e para qual finalidade.

 

 

Para as empresas que já estão em funcionamento e pretendem começar esse processo com um pé à frente, desenvolver um Plano de Negócios é uma ótima alternativa, porque as torna ainda mais atraentes para um possível investidor, tendo em vista que esse instrumento traça um retrato fiel do mercado, do produto e das atitudes do empreendedor, dando mais credibilidade e gerando mais confiança no negócio.

 

 

 

  O processo de captação na prática

 

Caso você já saiba que pode atender aquilo que o investidor anjo procura é o momento de iniciar a relação, fazer contato e preparar as apresentações. Diferente de outros segmentos do capital de risco – venture capital e private equity – o investimento anjo ainda é bastante fracionado. Desse modo, a primeira dificuldade é descobrir quem são as pessoas físicas que atuam como anjos. Existem instituições – como a Anjos do Brasil – e redes locais de anjos que organizam esses investidores. Entretanto, você também poderá encontrar anjos em sua rede de relacionamento atual, e fazer uma lista das pessoas que você não conhece diretamente, mas que poderiam investir no seu negócio.

 

 

O primeiro desafio é agendar um encontro pessoal com o investidor anjo para realizar uma apresentação da oportunidade de negócio. Essa é a hora de fazer um teste do seu pitch! Existem eventos realizados pelas redes de anjos só para esse fim, mas isso também pode ser feito de maneira informal – reuniões, almoços, cafés e jantares. Quando você encontrar um potencial investidor, começa a fase de namoro. Nessa fase serão marcados encontros para apresentar o negócio detalhadamente e conhecer melhor a personalidade do investidor.

 

 

Se o namoro for um sucesso, você deve passar para a etapa seguinte: o noivado. Nessa fase serão definidos os principais termos da negociação (term sheet): o valor a ser investido, a participação do investidor no negócio e como os dois irão se relacionar, partindo também para a definição dos direitos e das obrigações de cada um.

 

 

Quando todos os termos e condições estiverem acertados é o  dia do casamento, quando os contratos serão assinados e o investimento, felizmente efetivado. É importante salientar que na realidade esse é só o começo do negócio, pois a partir desse momento o empreendedor deverá focar totalmente na execução do negócio, enquanto o investidor anjo dará suporte com orientações e conexões.

 

 

 

Pronto para conseguir um investidor anjo?

 

Foram apresentados alguns pontos que podem te ajudar muito na busca de um investidor anjo. Em destaque estão algumas ferramentas e instrumentos importantes nessa tarefa: Pesquisa de Mercado, Plano de Negócios, Pitch, etc.

 

 

O planejamento é fundamental para a captação de investimento. E é exatamente aí que a Multiconsultoria se posiciona com mais de 20 anos de experiência auxiliando empreendedores na busca por soluções que os colocarão cada vez mais próximos de  seus sonhos.

 

Peça Já Seu Projeto

 

Kleyton Sales, Consultor de Projetos 2017

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+

Uma resposta para “Como Conseguir Um Investidor Anjo?”

  1. Eriston Salomão Sant'Anna disse:

    Fiquei muito satisfeito com todo conteúdo da orientação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *