Por que as empresas fecham?

frustrated young business man working on laptop computer at office

Durante a minha atuação como Gerente Comercial na Multiconsultoria, tive contato com vários empreendimentos e a cada proposta apresentada eu fazia inúmeras pesquisas para fazer o melhor diagnóstico da conjuntura na qual os meus clientes se encontravam e um fato que preocupantemente, era bastante recorrente, era a alta taxa de mortalidade das micro e pequenas empresas.
Acho que a essa altura você já deve saber que os primeiros anos de uma empresa são os mais conturbados, seja porque estamos o estruturando, ou porque estamos conhecendo o mercado, ou porque estamos captando clientes. Além disso, as estatísticas não ajudam, uma vez que a maioria dos novos empreendimentos não completam os primeiros dois anos de atividade e isso acontece por diversos fatores que se não forem identificados o quanto antes, podem fazer com que infelizmente você possa ser incluído nesses números.
De acordo com uma antiga pesquisa do SEBRAE de 2004, apontou que, 31% das empresas não ultrapassam o primeiro ano de atividade e após 5 anos chega a 60%. O problema é que em 2010, 58% das empresas de pequeno porte fecharam as portas antes mesmo de completar seus cinco anos. O que nos faz refletir, que essa é uma realidade que não vem mudando muito com o passar do tempo, assim como as causas que motivam essa situação.

 

• Falta de planejamento – tanto para o processo de abertura, quanto para a gestão do negócio em si;
• Escassez na execução de técnicas de marketing – o que não se restringe a propaganda, mas sim um estudo do mercado, de seu público alvo e de maneiras de se diferenciar em relação aos concorrentes;
• Pouca avaliação e controle de custos e fluxo de caixa – quando não se tem um acompanhamento efetivo das despesas e movimentações financeiras, fica ainda mais difícil fazer uma avaliação do lucro obtidos em suas atividades;
• Entre outros que variam entre a falta de capital de giro, elevadas cargas tributárias, além da alta concorrência, existência de maus pagadores, falta de clientes, localização inadequada e crise econômica.

 

Por isso, precisamos entender que a falência das empresas não se restringe apenas a uma única causa, mas sim, por uma sucessão de falhas, problemas e imprevistos e como não costumam ser resolvidos em um tempo hábil, trazem consequências altamente danosas ao empreendimento. Além disso, uma pesquisa SEBRAE afirma que um fato agravante é que muitos microempreendedores ignoram a sua falta de conhecimento técnico para gerir empresas, sendo essa uma das razões mais importantes.

 

Um Plano de Negócios é fundamental para minimizar esses problemas, uma vez que com ele deve ser apurado dados bem detalhados da maioria das questões que são inerentes ao entendimento das sutilezas de um negócio que podem significar a diferença entre lucro e prejuízo, pois quando se busca informações sobre o ramo de atividade antecipadamente as chances de se alcançar o sucesso são muito, mas muito maiores mesmo.

Cauê Pitta

Diretor de Marketing – 2016

Uma resposta para “Por que as empresas fecham?”

  1. Kathreen disse:

    AFAIC thta’s the best answer so far!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *